Páginas

terça-feira, 22 de março de 2011

“Entendendo" Eminem


Alexandre Esposito escreveu no Blog Vida Ordinaria da UOL uma matéria um tanto... excêntrica (na falta de uma palavra melhor) sobre Eminem. Leiam abaixo para conferir:


Entendendo o Eminem:
Depois de alguns anos no ostracismo, o Piu-piu do rap está finalmente em evidência e isso é um bom motivo para ele ser o tema da coluna dessa semana. Hoje, vamos entender o Eminem.
Afinal, o Eminem por si só já é um personagem curioso e excêntrico, em princípio. Um branco cantando rap soa tão errado quanto um japonês dançando polka ou uma mulher estacionando um carro.
Eminem surgiu como um protegido fanfarrão do Dr. Dre, embora a maioria das pessoas no Brasil, eu incluso, só tenha ouvido falar do Dr. Dre por causa do Eminem. E se um “apadrinhamento” assim possa parecer grande coisa, em termos de qualidade do protegido não é garantia nenhuma. Vide o último caso de cantor branco apoiado por rappers negros: Justin Bieber.

 
Mas o Eminem conseguiu provar que valia a moral do Dre e logo fez sucesso com suas letras debochadas e clipes engraçados. Agora, se tem uma coisa que não consigo entender é como um cara que fez a fama com humor e esteja cheio de grana, tenha essa mania de não sorrir. Nunca.
Parece contraditório um sujeito que se veste de Robin num clipe não soltar um sorriso. Quando o Sacha Baron Cohen cai de bunda na sua cara, dá até pra entender, mas ele precisava continuar ranzinza até quando está fazendo duetos com mulheres gatas como a Dido ou a Rihanna?
 
Essa cara dele só se justifica se ela tiver tentado um fio terra nele no camarim.

Tudo bem se fazer de difícil e tal, não dar tanta moral pra elas. Mas o cara exagera, e fica parecendo um Mark Zuckerberg, socialmente inepto. Até um sorrisinho cafajeste acompanhado de uma cantada “sutil” como, sei lá, “chupo-lhe toda“, acabaria sendo mais simpático.
Mesmo assim, a verdade é que, sendo gente boa ou não, ele tem feito sucesso e é adorado. Pena, para ele, que seja só por marmanjos. Como se já não fosse estranho o bastante se batizar com o nome de um docinho colorido.

 
Mas cada um com suas preferências, né?

E ai?! "Entenderam" o Eminem?! 

2 comentários:

  1. Quem é esse cara para falar do Eminem???Nunca ouvi falar dele.Deve ser um fã do Moby querendo aparecer, e para isso escreve sobre o Em. Coitado,tenho pene de quem quer aparecer á custas de outro. É PODRE MESMO!!!

    ResponderExcluir

O Blog não se responsabiliza pelos comentários feitos por seus visitantes, e se reserva no direito de excluir comentários com linguagem grosseira de conteúdo calunioso ou difamatório.

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...