Páginas

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Eminem pode não receber os benefícios do processo contra a Universal

Muito tem sido comentado sobre a antiga produtora do Eminem, FBT Productions, e como sua ação revolucionária contra a Universal Music Group ocasionou uma mudança fundamental de como as vendas digitais são registradas. Argumentando que as vendas digitais devem ser consideradas uma licença e não uma simples venda - o que mudaria o pagamento de royalties para uma taxa de licenciamento de 50% - o 9º Tribunal de Apelações de San Francisco concedeu à FBT uma vitória contra a gravadora em 2009. O apelo feito pela UMG no Supremo Tribunal em março não foi bem sucedido e a decisão do tribunal de apelações foi mantida. Mas enquanto milhões de dólares poderiam ter sido do Eminem, existe um ponto-chave no processo que não pode ser ignorado.

Um artigo recente da revista Forbes sobre o caso citou uma fonte que disse que o Eminem não vai receber qualquer benefício financeiro da ação, uma vez que o rapper se recusou a participar do processo ao lado da FBT contra a Universal. A matéria da Forbes especulou que Eminem poderia ter rejeitado participar do caso pelo fato da Universal ser também a compania que abriga seu empregador, a Interscope Records. Como o caso continua em andamento na Califórnia, para calcular os danos e as recompensas, a única maneira de Eminem ver essa grande quantidade de dinheiro seria negociar um acordo com a gravadora ou abrir seu próprio processo.

A Universal Music Group publicou uma declaração dizendo que este processo não deve ser visto como um estímulo para os artistas processarem grandes gravadoras a fim de receber um novo tipo de pagamento. "O caso tem sido sempre sobre um acordo com uma linguagem muito peculiar. Como ficou claro durante este caso, a decisão não tem relação com qualquer outro contrato de gravação e não cria qualquer precedente legal."

Fonte: Everything Is Shady

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Blog não se responsabiliza pelos comentários feitos por seus visitantes, e se reserva no direito de excluir comentários com linguagem grosseira de conteúdo calunioso ou difamatório.

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...