Páginas

domingo, 1 de julho de 2012

Fã do Mês: Daniel Ferraz

Nossa entrevista para o Fã do Mês é com o Daniel Augusto Oliveira Ferraz, de 19 anos, trabalha como vigilante na cidade de São Carlos/SP.

Elisabpshady: Então Daniel quais são seus planos? Você estuda ou ta só no “trampo” mesmo?
Daniel Ferraz: Meus planos? ... Eu quero começar um curso de segurança do trabalho ano que vem, e correr atrás de realizar meu sonho, que é ser um lutador de MMA. (;

Serio!! Você luta? Há quanto tempo? 
Daniel Ferraz: Sim, eu tenho um amor enorme pelas artes marciais, desde pequeno, quando acompanhava lutas de boxe e judô na TV com o meu pai. Eu cheguei a treinar judô quando mais novo, e fui campeão em Brotas anos atrás. E hoje em dia, eu voltei aos treinos, estou praticando muay thai, e não quero parar mais. Eu treinei, 5 anos de judô, e estou no muay thai a alguns meses. Infelizmente, eu tive uma lesão forte no joelho esquerdo, e tive que me afastar um tempo dos treinos..

Nossa, ai é complicado, mas atleta é isso mesmo. Vai fundo, entra de cabeça que você consegue ainda mais agora que o MMA ta tão “em alta” no Brasil.
Daniel Ferraz: Sim, eu não pretendo parar, e vou correr atrás.

E me fala uma coisa, quando foi que você conheceu o Eminem?
Daniel Ferraz: É uma história curiosa, eu não me recordo o ano exatamente, mas foi no colegial. Eu era um garoto meio "isolado" dos outros, e eu sempre fui "turrão" [risos], e usava roupas de rap, boné aba reta virado pro lado e etc. E foi quando, eu ganhei um cd de rap do meu pai. Sabe aqueles piratões, que vem 1 música de cada rapper no cd?...  E nesse CD, muito antigo, tinha "Lose Yourself" do nosso querido Eminem. Foi quando eu me dei conta, que eu viciei naquele som, no que eu sentia quando escutava, uma inspiração, uma vontade de viver, era muito louco. E aí eu fui correndo atrás para saber mais sobre este cara, e desde então, eu sou esse fã maluco do cara.

Caramba! E qual foi o impacto que ele passou a ter na sua vida? Entende?
Daniel Ferraz: Ele causou um impacto na minha vida, quando lançou When I'm Gone em 2005. Eu tive uma história complicada de família, por ser um garoto muito sozinho, eu me identifiquei demais com aquele som. Eu ficava muito sozinho, fui rejeitado, enfim, passei por maus “bocados”. Naquela época eu já era muito viciado em PC, e ia muito em cyber café. Eu pegava todos os sons com os caras mais velhos, e colocava naquele mp3 que funcionava com pilha [risos]. Hoje em dia, nem tanto, mas eu copiava muito o cara, com o estilo das roupas, poses no espelho (vergonha rs), e não aceitava, que ninguém falasse mau dos sons perto de mim.

E quantos anos você tinha nessa época?
Daniel Ferraz: Nessa época eu tinha 13 anos, e eu curtia a rapaziada do cyber café perto de casa, que me passava os sons. Os caras me mostravam as novidades, os rappers, as roupas. Eu ficava maravilhado com aquele movimento. Ficávamos na rua por horas falando sobre isso, e eu me identificava ainda mais com o Eminem. Na minha cabeça, ele fazia sons, para crianças do meu tipo, "que tinham apenas uma p* de uma revista de rap".

E você ainda se junta com esses amigos?
Daniel Ferraz: Eu tenho um grande respeito por todos eles, mas a vida muda, e as pessoas também, e eu mudei também. Mas eu não deixo de falar com eles, quando nos trombamos nas ruas.

E qual seria o melhor álbum do Eminem e por quê?
Daniel Ferraz: Melhor álbum do Eminem na minha opinião, foi o Recovery. Creio que foi o melhor, porque as músicas nos aproxima muito mais da nossa realidade. Todos passamos por mudanças, que todos nós passamos por recuperações na vida; todos temos um lado frio, e um lado sentimental, sendo ele cruel ou não. Todos nós temos uma comédia cruel dentro de nós, somos capazes de muita coisa. E as músicas desse álbum nos traz isso, de uma forma bem direta, sem maquiagem.

Bom, acho que isso introduz a minha próxima pergunta. O Eminem "mudou" muito o estilo de vestir, a forma de agir de uns anos pra cá.. Uns acham ruim, outros acharam melhor. Qual a sua opinião sobre isso?
Daniel Ferraz: Ótima pergunta, sempre quis expressar essa opinião. Na minha visão, foi a melhor coisa que ele fez na carreira. Todos nós sabemos, que a mídia, tem um lado "obscuro", e não deve ser novidade, que os artistas são submetidos a fazer muitas coisas, a ter uma imagem totalmente falsa, as vezes até, sendo obrigados a provocar outros artistas. E com esse álbum, o Eminem demonstra toda uma mudança de personalidade no seu trabalho, e nada me tira da cabeça, que na sua vida pessoal também.  Podemos comprovar isso, na música "25 To Life", quando ele solta muitas verdades na cara da mídia. Mais um ponto, para ser o seu melhor álbum! Esse álbum é inspirador, por ser, totalmente REAL. Eminem, é um gênio da indústria, e sempre tem algo importante a nos passar, por valorizar sempre, o que o ser humano é, sem fantasias.

Verdade. Agora, indo para os "projetos secundários", se é que se pode chamar assim. Qual a sua opinião sobre a separação do D12?
Daniel Ferraz: O D12 era incrível, por ter o Proof (#RIP). "Devils Night" foi um trabalho, que resultava na lealdade daquele grupo. E os caras, faziam um trabalho, para a Detroit ser reconhecida, eles faziam para expor a cultura da cidade. E os caras eram tensos, eram corajosos, para fazer aquele monte de m**da que eles faziam [risos]. Ah então minha opinião, em base disso, é que rolava uma briga de pura vaidade pessoal no grupo, e que cada um seguiu seu caminho na indústria. Acho que basicamente é isso.

O Eminem cancelou as filmagens do Southpaw pra se concentrar na música já até falou que ta gravando algumas... O que você espera do próximo trabalho dele? 
Daniel Ferraz: Podemos esperar, com toda certeza, um conteúdo mais realista, mais direto, mais engraçado [risos], e sentimental. Afinal, ele tem nos mostrado isso nos últimos tempos. Agora, na minha opinião, podemos esperar um conteúdo voltado mais para a superação e recuperação pessoal. E sobre a produção, e as participações, HÁ! É claro que vai ser incrível. Vamos ter nomes aí como: Slaughterhouse, 50 Cent, Yelawolf, B.o.B e etc. Estamos todos ansiosos huh? ;D

Saindo um pouco de Eminem, o que você curte alem dele?
Daniel Ferraz: Como eu disse na entrevista inteira, eu amo o RAP, eu vivo isso todos os dias da minha vida. Então aí vai, alguns dos meus preferidos =D : 2Pac, Dre, Ice Cube, Coolio, T.I, Bone Thugs, Jay-Z, Lil Wayne, Nas, Bow Wow (Tenho um agradecimento especial para fazer, as letras me inspiraram muito com as garotas [risos]), Wiz Khalifa e B.o.B. Fora o RAP, eu gosto muito de mpb, rock e etc, adoro música em geral.

Desses, qual parceria você acha que o Eminem deveria fazer?
Daniel Ferraz: Desses caras que eu citei, eu gostaria de ver uma parceria com o B.o.B, e creio que não sou o único.

Não é mesmo!! Daniel, finalizando aqui, uma pergunta que faço pra todo mundo, geralmente, se você encontrasse com o Eminem falaria o que pra ele? 
Daniel Ferraz: Eu falaria: Hey Shady, let's make a deal okay? I am the Batman, and you're Superman. Let's save the girls? [risos] para descontrair. Falaria, que mesmo com toda a distância, ele foi o cara com o que eu mais me identifiquei, e conversei. Nada me tira da cabeça, que as músicas dele, conversam comigo.

Obrigada pela entrevista!!! Você gostaria de adicionar mais alguma coisa?
Daniel Ferraz: Queria mandar um agradecimento especial, para as garotas FÃS do Eminem. Queria ressaltar o quanto vocês são fodas, o quanto eu procuro aproximação com esse tipo de conversa. Ah, e fazer um pedido na entrevista, espero que o Eminem leia, para ele cantar Space Bound no meu enterro [risos].


10 comentários:

  1. kkkkkk, e nd me tira da cabeça que a sua foi a melhor entrevista que ja teve aqui no blog...

    ResponderExcluir
  2. Otima entrevista!! Tanto essa como a do garota do mes passado. Continue selecionando dessa maneira os fãs do mes Elisa Bom Trabalho!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Otima entrevista!! Detalhes importantes da mídia e do Eminem foram bem citados!

    ResponderExcluir
  5. Como já disseram, ótima entrevista!

    ResponderExcluir
  6. Eu tbm queria ver o B.o.B e Eminem, ou melhor queria logo o B.o.B na Shady Records rsrs''. Otima entrevista :D

    ResponderExcluir
  7. "E não aceitava, que ninguém falasse mau dos sons perto de mim."

    O cara é "lutador" já foi campeão! Quem vai falar merda das música do Eminem na frente dele kkkkkkkkkk

    A entrevista foi muito boa! Parabéns Vin Diesel....Ops... Daniel rsrs

    ResponderExcluir
  8. "E não aceitava, que ninguém falasse mau dos sons perto de mim."

    O cara é "lutador" já foi campeão! Quem vai falar merda das música do Eminem na frente dele kkkkkkkkkk

    A entrevista foi muito boa! Parabéns Vin Diesel....Ops... Daniel rsrs

    ResponderExcluir
  9. Hum...comecei a curtir eminem aos 13 anos tambem manow...mô show....
    as primeiras tb eram lose yourself (na maioria dos casos...rsrs)
    EMINEM é o cara e ponto final.

    ResponderExcluir
  10. caramba.. Será que ninguem implora por uma parceria com o Hopsin?

    ResponderExcluir

O Blog não se responsabiliza pelos comentários feitos por seus visitantes, e se reserva no direito de excluir comentários com linguagem grosseira de conteúdo calunioso ou difamatório.

Leia também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...